APOFTEGMAS DO ABADE EVÁGRIO

1. Disse o Abade Evágrio: «Quando estiveres sentado na cela, recolhe o teu espírito, recorda-te do dia da morte, considera o desfalecimento do corpo, pensa na desgraça; assume a labuta, condena a loucura que há pelo mundo, e isto, para que possas permanecer sempre no propósito de vida retirada e não fraquejes. Lembra-te também da situação no inferno: medita como lá estão as almas, em que mui terrível silêncio, em que acutíssimo gemido, em qual temor, luta e anseio; considera o tormento que não terminará, as lágrimas da alma que não cessarão. Mas recorda-te também do dia da ressurreição e do comparecimento diante de Deus; imagina aquele juízo que arrepia e atemoriza. Revolve em tua mente o que está destinado aos pecadores: vergonha diante de Deus, dos anjos, arcanjos e de todos os homens, ou seja, suplícios, fogo eterno, o verme que não dorme, o tártaro, as trevas, o ranger de dentes, os terrores e os tormentos. Revolve em mente ainda os bens que estão destinados aos justos: intimidade familiar com Deus Pai e seu Cristo, com os anjos e arcanjos, com toda a multidão dos Santos; o reino dos céus e os dons deste, a alegria e o gozo deste. Incute a ti mesmo a recordação destes dois destinos; e, a propósito do julgamento dos pecadores, derrama lágrimas, concebe dor, temendo que também tu sejas contado entre eles; a respeito dos prêmios dos justos, alegra-te e rejubila-te. Procura entrar no gozo destes, e alheia-te daqueles. Cuida para que em tempo nenhum, quer estejas dentro da cela, quer fora, percas a recordação destas coisas, a fim de que, ao menos assim, evites os pensamentos impuros e nocivos».

2. Disse também: «Deixa de ter relações com muitos homens, a fim de que a tua mente não se torne agitada, e perturbe a habitual tranqüilidade (hesychia)».

3. Disse mais : «Grande coisa é rezar sem distração; ainda maior, porém, é salmodiar sem distração».

4. Disse ainda: «Recorda-te sempre de tua partida deste mundo, e não esqueças o juízo eterno; assim não haverá pecado em tua alma».

5. Disse também: «Retira as tentações, e não haverá ninguém que se salve».

6. Disse ainda : «Um dos Padres assim falava : 'Um regime de vida duro e não inconstante (regular), unido à caridade, leva muito rapidamente o monge ao porto da apatia (apatheia)'» (NT: vitória sobre as paixões).

7. Houve certa vez nas Célias uma reunião de conselho a respeito de determinada questão. O Abade Evágrio então falou; depois do que, disse-lhe o presbítero: «Sabemos, ó Abade, que, se estivesses em tua terra, terias sido feito freqüentes vezes bispo e chefe de muitos; agora, porém, é como estrangeiro que resides aqui». Evágrio, compungido, não se perturbou, mas, movendo a cabeça, disse-lhe: «Em verdade é assim, ó Pai; falei uma vez, não voltarei a falar segunda vez» (NT: citação deJó 40, 5).